Vinho Tinto e seu Intestino (Interessantes resultados de estudo)

Artigo por Mike Geary, Personal Trainer Certificado, Especialista em Nutrição Certificado
Autor dos Best Sellers - Cozinha Queima Gordura & 101 Alimentos Antienvelhecimento


Vinho Tinto

Você provavelmente já ouviu falar que o vinho tinto pode ser uma opção de bebida muito saudável, mas com certeza só ouviu falar sobre os benefícios genéricos dos antioxidantes e do resveratrol nessa bebida.

Contudo, aqui está outra razão MAIOR sobre o motivo de o vinho tinto ingerido com moderação (1-2 copos por dia no máximo) poder ser uma parte super saudável na sua rotina. Eu, pessoalmente, tenho tido muitos benefícios por desfrutar de um copo de vinho tinto no jantar cerca de 4-5 dias por semana.

Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition (Am J Clin Nutr 2012;95:1323-1334) informou que as pessoas que bebiam dois copos de vinho tinto por dia (vinho tinto seco e vinhos de sobremesa não açucarados) tiveram em seus intestinos níveis mais altos de bactérias benéficas e níveis mais baixos de bactérias patogênicas ruins. Neste boletim informativo, você perceberá como é importante o equilíbrio da flora intestinal, desde a sua digestão, a imunidade, o metabolismo, a saúde da pele, e muito mais.

O estudo concluiu que, embora o consumo de vinho tinto diminua as bactérias patogênicas no intestino, ele realmente teve um efeito probiótico apoiando o crescimento e as colônias de micróbios saudáveis do intestino que protegem sua saúde.

Mas os benefícios de saúde poderosos do vinho tinto não param por aí...

Outra parte interessante deste estudo é que os bebedores de vinho tinto também tiveram uma diminuição na pressão sistólica e diastólica do sangue, triglicérides, colesterol LDL, e CRP (proteína C- reativa). CRP é uma medida de inflamação geral em seu corpo, por isso é muito bom ver uma associação entre vinho tinto e a redução da inflamação.

Intestino

A parte interessante do estudo é que o vinho tinto foi comparado com porções equivalentes de gin (álcool equivalente por porção) e nenhum dos benefícios mencionados acima foi observado no grupo dos consumidores de gin. Isto significa que os benefícios foram, provavelmente, relacionados aos polifenóis e resveratrol no vinho tinto e não necessariamente ao próprio teor de álcool. Embora não seja provável um efeito sinérgico do álcool e outros compostos no vinho tinto como no grupo que recebeu o vinho tinto sem álcool e teve menos de um benefício na pressão arterial.

Você pode escolher o Cabernet, Merlot, PinotNoir, Shiraz ou qualquer outro vinho tinto seco para conseguir todos esses poderosos benefícios para a saúde únicos dos polifenóis e do resveratrol.

Note-se que o vinho branco também tem alguns benefícios para a saúde, mas não tão poderosos quanto o vinho tinto, pois ele tem níveis de antioxidantes mais baixos.

Outro benefício do vinho tinto não mencionado no estudo acima é que se consumido com uma refeição, pode reduzir e moderar a resposta do açúcar no sangue que você recebe com a comida. Este é mais um benefício que mantém seus hormônios equilibrados, controla os níveis de insulina, controla o apetite e te ajuda a ficar magro!

Como você pode ver, há uma abundância de razões para você tomar uma taça de vinho tinto em suas refeições e brindar à sua saúde e felicidade!

Mas CUIDADO...

Embora o vinho tinto possa ser uma escolha super saudável para um corpo magro e saudável e para a saúde digestiva, eu descobri que existem pelo menos 23 alimentos populares que a maioria das pessoas erroneamente pensa que são "saudáveis", mas que prejudicam o seu metabolismo e armazenam gordura na barriga.

Descubra quais são esses alimentos que prejudicam o metabolismo na PRÓXIMA PÁGINA:


Próxima Página