7 Alimentos "Gordurosos" que podem ajudá-lo a conseguir uma barriga lisa (alguns deles vão surpreendê-lo!)

Estes 7 alimentos chocantemente gordurosos (mas saudáveis) são os super alimentos que realmente podem ajudá-lo a queimar gordura corporal mais rápido!

Artigo por Mike Geary, Personal Trainer Certificado, Especialista em Nutrição Certificado
Autor -- A Verdade sobre a Barriga Perfeita & Cozinha Queima Gordura


Neste ponto, a propaganda antigordura morreu e quase todo mundo agora entende que comer gordura não necessariamente faz você engordar. Na verdade, é absolutamente necessário conseguir gorduras saudáveis o suficiente em sua dieta para manter seus hormônios equilibrados, controlar o nível de açúcar no sangue e evitar desejos. Aqui estão 7 exemplos de alimentos "gordurosos" que na verdade podem ajudá-lo a ficar magro.

1. Chocolate Amargo (com pelo menos 72% ou mais de cacau)

Chocolate Amargo

Talvez não seja mais um segredo, mas sim, o chocolate “escuro” ou “amargo” (não o chocolate ao leite) pode ser um alimento muito saudável, mesmo que seja bastante calórico.

No entanto, afirmo que o chocolate escuro pode realmente ajudá-lo a queimar mais gordura corporal, se você é do tipo de pessoa que gosta de doces e gosta de comer muitas sobremesas. Neste caso, apenas 1 ou 2 pequenos quadrados de chocolate escuro podem satisfazer sua vontade de doces com apenas 30 ou 40 calorias, ao contrário de 500 calorias por um pedaço de bolo de chocolate ou um pedaço de torta.

Também existem algumas marcas de chocolate escuro de meados dos anos 70 que contêm uma porcentagem de cacau maior, e por isso, uma quantidade bastante elevada de fibra (já vi algumas marcas que contêm 5 gramas de fibra em 15 gramas de carboidratos totais por porção), e um teor de açúcar relativamente baixo, em comparação à quantidade de gorduras saudáveis. Na verdade, um dos "truques" é usar esses dados para selecionar um chocolate de boa qualidade. Eu procuro mais gordura do que carboidratos totais (ou aproximadamente o mesmo número de gramas de cada).

Isso significa que alguns tipos de chocolates escuros não afetarão muito o nível de açúcar no sangue e ainda darão uma resposta bastante branda em comparação a outros "doces".

Além disso, o chocolate escuro também é muito rico em antioxidantes saudáveis, incluindo um poderoso composto chamado obromine, ele ajuda a baixar a pressão arterial e possui outros benefícios para a saúde. O teor de gordura em um bom chocolate escuro deve vir exclusivamente de gorduras saudáveis naturais, como a manteiga de cacau e não de quaisquer outras gorduras adicionadas. Todos os chocolates com gorduras adicionais ou outros aditivos geralmente não são saudáveis.

A razão pela qual digo para você escolher chocolates escuros (com pelo menos 72% de teor de cacau) é que quanto maior a porcentagem de cacau, menor a porcentagem de açúcar. No entanto, isto significa que qualquer chocolate com 80% de teor de cacau começará geralmente a obter um sabor mais amargo e conterá muito pouca doçura. Se você prefere este tipo de gosto, quanto maior a porcentagem de cacau, melhor. Na verdade, um bom chocolate escuro com 75% de cacau é, na minha opinião, uma combinação quase perfeita, pois é levemente doce e possui um rico sabor de chocolate. Só lembre de comer apenas pequenas quantidades diárias de chocolate, pois ele é calórico!

Você também pode colher os benefícios dos antioxidantes e das fibras sem todas as calorias, usando o pó de cacau orgânico em seus smoothies ou outras receitas.

2. Leite de coco, farinha de coco e óleo de coco

Coco

Leite e óleo de coco são grandes fontes de um tipo super saudável de gordura saturada, chamado triglicerídeos de cadeia média (TCMs). Esses produtos também possuem um componente chamado ácido láurico, um poderoso nutriente para o seu sistema imunológico e raro em dietas ocidentais. Além disso, os TCMs são prontamente utilizados como energia pelo organismo e é menos provável de ser armazenado como gordura corporal em comparação a outros tipos de gorduras.

Junto com o leite de coco e óleo de coco também temos a farinha de coco como uma opção saudável de farinha para panificação. A Farinha de coco é uma alternativa de farinha extremamente rica em fibras (quase todos os carboidratos nesta farinha são de fibra e não de amido!). A farinha de coco também contém muitas proteínas em comparação à maioria das farinhas e também é livre de glúten!

Só tome cuidado, se você for usar a farinha de coco para o cozimento, ela precisa ser misturada com outras farinhas pois suga a umidade dos ingredientes. Eu já fiz deliciosos assados misturando farinha de coco, farinha de amêndoa e quinoa em partes iguais, e com a adição de ingredientes um pouco mais líquidos do que a receita pede.

3. Manteiga Ghee

Manteiga

Sim, a deliciosa, suave e rica manteiga (manteiga de verdade, não a mortal margarina!) é deliciosa e contém cargas de nutrientes saudáveis, ela não deve ser evitada a fim de emagrecer. Na verdade, eu como uma porção de manteiga todo o dia e mantenho a gordura corporal em um único dígito na maioria do ano.

Há muita confusão sobre esse assunto, na verdade, eu assisti a um programa de TV hoje, que falava sobre alimentos pouco saudáveis e uma das primeiras coisas que eles mostraram foi manteiga. Isso só mostra que a maioria da população não tem ideia de que a manteiga (apenas de vacas alimentadas com pasto) pode realmente ser uma parte saudável de sua dieta.

Na verdade, há ainda uma evidência clara de que a manteiga de verdade pode até mesmo ajudá-lo a perder gordura corporal por um par de razões principais:


  1. A manteiga de vaca alimentada com pasto é conhecida por ter altos níveis de uma gordura saudável chamada CLA, que tem demonstrado conter propriedades anticancerígenas, ajudar na queima de gordura abdominal e na construção da massa muscular.
  2. A manteiga de vaca alimentada com pasto também tem um equilíbrio ideal de ácidos graxos ômega 3 e ômega 6 (ao contrário da manteiga de vaca alimentada com grão convencional), que ajudam a combater processos inflamatórios em seu corpo, e podem ajudar a equilibrar os hormônios.
  3. As gorduras saudáveis na manteiga também contêm TCMs, que ajudam a impulsionar o seu sistema imunológico e são facilmente queimadas pelo organismo para produzir energia. As gorduras saudáveis dessa manteiga também ajudam a satisfazer o seu apetite e a controlar os níveis de açúcar no sangue, o que ajuda você a ficar magro!

4. Ovos inteiros, incluindo a gema (e não apenas as claras de ovos)

Ovos

A maioria das pessoas sabe que ovos são fonte da mais alta qualidade de proteína. No entanto, a maioria das pessoas não sabe que a gema é a parte mais saudável do ovo... lá estão quase todas as vitaminas, minerais e antioxidantes (como a luteína) encontrados nos ovos.

Na verdade, a gema de ovo contém mais de 90% do cálcio, ferro, fósforo, zinco, tiamina, B6, ácido fólico e vitamina B12, e ácido pantotênico do ovo. Além disso, as gemas contêm todas as vitaminas lipossolúveis A, D, E e K dos ovos, bem como todos os ácidos graxos essenciais. Além disso, a proteína do ovo inteiro é mais biodisponível que só a clara devido a um perfil de aminoácidos mais equilibrado que as gemas ajudam a construir.

Certifique-se de escolher os ovos orgânicos em vez dos ovos normais do supermercado . Semelhante à carne alimentada com pasto, o teor de nutrientes dos ovos e do equilíbrio entre os ácidos graxos saudáveis do ômega 3 e dos ácidos graxos inflamatórios (em excesso) do ômega 6 é controlado pela dieta das galinhas.

As Galinhas que estão autorizadas a viver livremente e ter uma dieta mais natural vão ter ovos mais saudáveis, ricos em nutrientes com um saldo de gordura mais saudável se comparados aos ovos típicos de mercados (que vieram de galinhas alimentados com soja e milho o dia todo em verdadeiras "fábricas de ovos”).

Se você quiser obter mais detalhes sobre os ovos, aqui está o meu artigo completo que explica melhor porque as gemas são melhores para você do que as claras.

5. Carne de Boi ou Búfalo alimentado com pasto (não as carnes alimentadas com grão!)

Hamburguer

Sei que a maioria das pessoas pensa que a carne vermelha não é saudável, mas isso é porque elas não entendem como a saúde do animal afeta o quão saudável a carne será para o consumo. Tenha isso em mente: -"um animal não saudável fornece carne não saudável, mas um animal saudável fornece carne saudável".

A Carne típica que você vê no supermercado é alimentada com grãos, principalmente milho (e, em certa medida, soja). A soja e o milho não são a dieta natural de bovinos ou búfalos, e, portanto, alteram o equilíbrio químico de gorduras e outros nutrientes da carne. A carne alimentada com grãos é tipicamente muito rica em gorduras ômega 6 e contém muito poucas gorduras ômega 3. Além disso, a alimentação de gado com milho e soja, como a parte principal da sua dieta perturba o sistema digestivo dos animais e os torna doentes. Além disso, também aumenta a quantidade de substâncias perigosas na carne. Este não é o caso com as carnes alimentadas com pasto.


Bife

Por outro lado, as carnes de bovinos e búfalos (ou bisão) alimentados com pasto, foram criadas a partir de alimentos naturais, alimentos que os animais foram feitos para comer segundo sua natureza (grama e outras forragens). Elas têm níveis muito mais elevados das saudáveis gorduras ômega 3 e níveis mais baixos das inflamatórias gorduras ômega 6, que a maioria das pessoas já come demais, em comparação às carnes alimentadas com grãos.

Carnes de animais alimentados com pasto também contêm normalmente até 3 vezes a vitamina E em comparação das alimentadas com grão.

Além disso, as carnes de gado alimentado com capim são saudáveis e também contêm uma gordura saudável especial chamada de ácido linoleico conjugado (ALC) em níveis muito mais elevados que a carne alimentada com ração. Tem sido comprovado em estudos científicos dos últimos anos que o ALC ajuda na queima de gordura e na construção de massa muscular (o que pode ajudar você a perder peso). Esses benefícios se baseiam no fato de que as carnes alimentadas com pasto são proteínas da mais alta qualidade... e isso também ajuda na queima de gordura e na construção muscular magra.

Carnes de animais alimentados com pasto são um pouco mais difíceis de serem encontradas, mas basta perguntar ao seu açougueiro ou encontrar um açougue especializado que eles costumam ter carnes desse tipo disponíveis.

6. Abacates

Abacate

Mesmo que os abacates sejam normalmente conhecidos como "alimentos gordurosos", eles são repletos de gorduras saudáveis! Não só isso, é uma fruta (sim, surpreendentemente, o abacate é, na verdade, fruta) super rica em gordura monoinsaturada e também repleto de vitaminas, minerais, micronutrientes e antioxidantes.

Além disso, na minha opinião, o guacamole (purê de abacate com alho, cebola, tomate, pimenta, etc) é uma das mais deliciosas coberturas de alimentos já criados, e você pode ficar feliz em saber que ele é também um dos recheios mais saudáveis que você pode usar em seus alimentos. Experimente o abacate em fatias ou o guacamole em sanduíches, hambúrgueres, ovos ou omeletes, em saladas ou com peixes, ou como um adicional delicioso para praticamente qualquer refeição.

A dose de gorduras saudáveis, fibras e micronutrientes que você recebe dos abacates ajuda o organismo a manter os níveis adequados de hormônios que ajudam na perda de gordura e na construção muscular. Além disso, os abacates são alimentos extremamente sacietógenos, comê-los ajuda a reduzir o apetite nas primeiras horas após a sua refeição. Diga adeus às porcarias e aos desejos e comece a queimar gordura! Eu, pessoalmente, como meio abacate diariamente e isso só me ajuda a ficar em forma.

7. Sementes oleaginosas: avelãs, amêndoas, pistache, noz pecã, castanhas, macadâmias, etc

Castanhas

Sim, estes são mais alguns "alimentos gordurosos" que realmente podem ajudá-lo a queimar a gordura da barriga! Embora as oleaginosas geralmente contenham entre 75-90% de gordura, em termos de proporção de calorias de gordura para o total de calorias, elas são um tipo de alimento em que todas as gorduras são saudáveis, juntamente a altos níveis de micronutrientes, como vitaminas, minerais e antioxidantes. Elas são também uma boa fonte de fibras e proteínas, o que, naturalmente, você sabe que ajuda a controlar o açúcar no sangue e pode ajudar na perda de gordura.

As oleaginosas também ajudam a manter bons níveis de hormônios de queima de gordura em seu corpo. A ingestão adequada de gordura saudável é de vital importância para o equilíbrio hormonal, bem como para ajudar a controlar o apetite e os desejos para que você essencialmente coma menos calorias em geral, mesmo que você esteja consumindo um alimento de alto teor de gordura. Minhas oleaginosas favoritas são as nozes-pecã, pistache, amêndoas, macadâmias e avelãs, e comendo-as em variedade, você conseguirá vários tipos de vitaminas e minerais e também equilibrará as gorduras poli-insaturadas e as gorduras monoinsaturadas.

Tente escolher oleaginosas cruas em vez de torradas, se puder, pois isso ajudará você a manter a qualidade eo conteúdo nutricional das gorduras saudáveis que você irá comer.

Além disso, tente ampliar seus horizontes além da manteiga de amendoim típica que a maioria das pessoas come e tente usar a manteiga de amêndoas, manteiga de caju, manteiga de nozes ou manteiga de macadâmia para adicionar variedade nutricional à sua dieta.

Um dos pequenos "truques" que usei com os clientes para tentar reduzir sua gordura corporal é instruí-los a comer um punhado de oleaginosas, como amêndoas cerca de 20 minutos antes do almoço e jantar. Este é um momento perfeito para controlar o apetite e ajuda você a ingerir menos calorias totais naquela refeição.

Espero que tenham gostado de conhecer os alimentos mais saudáveis e "gordurosos" que você pode comer para queimar gordura. Eu poderia listar mais uma tonelada deles contudo, preferi falar apenas de alguns dos meus favoritos por enquanto. Divirta-se!

Mas CUIDADO...

Embora estes alimentos "gordurosos" possam ser escolhas super saudáveis para alcançar um corpo magro, forte e enérgico, descobri que existem pelo menos 23 alimentos populares que a maioria das pessoas, erroneamente, pensa que são "saudáveis" e que na verdade prejudicam o seu metabolismo e armazenam gordura em sua barriga.

Descubra quais são os alimentos que prejudicam o metabolismo na próxima página:

Estes 23 alimentos "saudáveis" PREJUDICAM seu metabolismo e armazenam mais gordura na barriga (Evite-os!)


Próxima Página